Uma declaração de guerra...

Tenho que explicar à D. Fátima que o facto de eu tirar da mesa o naperon que ela acabou de lá pôr encerra em si mesmo um significado.

6 Comments:

  1. Ervi Mendel said...
    Toda a gente sabe que os naperons só se colocam quando se recebe visitas, caso contrário estragam-se sem necessidade.
    Joanissima said...
    ... já escrevi sobre naperons... E acho que a D. Fátima está comigo nesta luta pela defesa de um dos maiores mitos nacionais...
    Bad Girl said...
    Quem as quer boas que as arranje. Quanto mais conheço as D.Fátimas que por aí andam, mais gosto da minha D. Conceição...
    B3ijos
    Minerva McGonagall said...
    Viva os naperons! Por cima da tv, no encosto do sofá, na mesa, nos estofos do carro! Viva!
    Sofia said...
    A minha D. Alice tem sempre boas ideias... é o que vale. ;)
    tcl said...
    Se tiveres sucesso diz, que eu pago-te um bilhete no expresso* para vires cá explicar à D. Antónia como é que eu quero as t-shirts dobradas.

    * Se calhar, querias vir no alfa pendular, não?

Post a Comment



Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial

Blogger Template by Blogcrowds